Buscar

Cremesp promove live sobre possíveis alternativas diante da escassez de medicamentos


Com o objetivo de orientar a classe médica e promover informações atualizadas, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) realizará, na próxima segunda-feira (26/04), a live "Bom uso dos anestésicos e bloqueadores neuromusculares e possíveis alternativas diante da escassez", que será ministrada pelo coordenador das atividades assistenciais de Anestesiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC/FMUSP), o Prof. Dr. José Otávio Costa Auler Junior.


No encontro, mediado pelo coordenador do Departamento de Comunicação do Cremesp, Edoardo Vattimo, o palestrante fará uma revisão dos principais fármacos utilizados para sedação e, na sequência, mostrará como os mesmos podem ser associados ou substituídos, em caso de escassez.


O evento online será transmitido ao vivo, às 20h, por meio do Instagram (@cremesp_crm), Facebook e canal do YouTube do Cremesp (https://youtu.be/pSL6BVRx21k). Os telespectadores poderão tirar suas dúvidas com o palestrante, após o término da apresentação.


Atuação do Cremesp

O Cremesp tem se reunido com representantes de órgãos, empresas e entidades do setor da Saúde, para discutir diversos assuntos relacionados à falta de medicamentos para intubação e outros insumos nos hospitais de São Paulo, como os bloqueadores neuromusculares.


Já foram realizadas reuniões com a Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos), SINDHOSP (Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Laboratórios e Demais Estabelecimentos de Saúde do Estado de São Paulo) e FEHOSP (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado). Nos encontros, além do baixo estoque de medicamentos, questões como a capacidade produtiva das empresas que fabricam as drogas, a logística de distribuição da produção e o processo de importação também foram debatidos.


Em paralelo, recentemente, o Cremesp também enviou ofício ao Ministério da Saúde e à Secretaria Estadual de Saúde (SES-SP), cobrando providências em relação à escassez desses medicamentos e insumos e oferecendo todo apoio necessário para a garantia imediata do abastecimento das unidades de Saúde.


O Conselho reforça que continuará dialogando com as autoridades, órgãos e entidades cabíveis, discutindo o cenário atual e prestando esclarecimentos à classe médica.


#Cremesp #Barsanti #Medicina #Covid-19 #Pandemia #Medicamentos #Pediatra #Medicos #Medicas #Direito